Atitude LGBT Social

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

04/05/2010 - Mentir para ser feliz?
Por Leandro Allegretti
Alterar tamanho da fonte: A+ | a-
Outro dia estava a caminho do serviço quando li na parede de um ponto de ônibus algo que me fez pensar durante o trajeto restante, e vários dias, tanto que resolvi compartilhar por aqui.

A questão foi pichada no muro em spray preto, tirando o fato de essa ação ser puro vandalismo, o que a motivou foi algo mais além, alguém queria fazer pensar. E conseguiu, pelo menos comigo.
Ao ler: “O quanto você mente para ser feliz?”, ali no ponto de bus, passei a pensar que, além das pequenas mentiras que conto para os outros, existem muitas outras que conto pra mim mesmo. E essas são as piores.

Uma que contei a mim mesmo aos dezoito anos foi: “quando eu namorar, serei inteiramente feliz”. Fiquei esperando que meu primeiro namorado me fizesse feliz, quando o mais correto é nos fazermos felizes! A felicidade é dever de cada um, não podemos colocar esse peso em terceiros.

Pensar que um dia tudo se resolverá por mágica na nossa vida e ficar contando com isso é insano. É preciso ter fé sim, mas só isso não basta, temos que fazer por merecer. Quer ser rico? Estude, trabalhe, poupe e invista. Nem todo mundo tem a sorte de nascer afortunado, ganhar na loteria ou arrumar marido abonado. Vamos e convenhamos, dinheiro não trás felicidade, mas ajuda bastante a encontrá-la.

Outra coisa: temos a tendência de dizer pequenas mentiras (e grandes também) aos outros em nome da “boa” convivência, ou por pura malandragem. Ser sincero todo o tempo causa atritos e a maioria das pessoas não estão preparadas pra isso. Mesmo assim, a mentira não compensa, seja pequena, média ou grande. Tento ao máximo ser sincero comigo mesmo e com os outros. Nem sempre consigo. Portanto, acho que minto moderadamente (acabei de contar mais uma mentira) pra ser feliz. E você?

Sei que esse texto não possui o senso de humor com o qual costumo escrever, mas nunca disse que somente escreveria com humor, viu, fui sincero. Uma mentira a menos pra me martirizar.

Quanto a mentir pra ser feliz, sugiro que minta menos pra si mesmo. Mas pense que ser realista é diferente de ser pessimista!  No mais, quando a coisa ficar preta, cante com o Fabio Jr, que foi muito feliz em cantar isso: “Felicidade, brilha no ar, como uma estrela, que não está lá.” É difícil de vê-la, mas podemos sentí-la como uma shining star que não está lá.

Conheça o Blog do Leandro: http://doqueosgaysgostam.wordpress.com/
http://www.revistaladoa.com.br/website/artigo.asp?cod=1592&idi=1&moe=84&id=15841

Nenhum comentário:

Postar um comentário